15.ª jornada: Benfica conquista pontos rumo ao segundo posto; Sporting regressa à liderança; Lopetegui em maus lençóis


O sábado foi de nervos

         A 15.ª jornada, no que diz respeito aos três grandes, começou com um grande jogo entre Vitória de Guimarães e SL Benfica e terminou com um "clássico" de nervos, que opôs Sporting CP e FC Porto (expectativa dos adeptos de futebol).

         Os grandes vencedores da noite foram Benfica e Sporting - a equipa chefiada por Rui Vitória permanece em terceiro lugar, mas agora, apenas a dois pontos de FC Porto e quatro do líder Sporting
         A formação orientada por Jorge Jesus, por seu turno, conquistou uma importante vitória diante a equipa do FC Porto, regressando à liderança da Liga NOS - depois de a ter perdido na jornada anterior, diante a União da Madeira (derrota por 1-0 na ilha).



Imagem/montagem completamente editada/manipulada pela autora
Fotografia do estádio, retirada do Vitória Sempre

Os encarnados deslocaram-se até à cidade do berço, para defrontar o Vitória de Guimarães. À partida para o encontro, o Benfica sabia que uma vitória no Estádio D. Afonso Henriques seria importante, uma vez que Sporting e Porto iriam perder pontos na noite de sábado.

Gaitán regressou à competição; Samaris ficou de fora


         Nico Gaitán foi convocado e figurou no onze inicial da equipa orientada por Rui Vitória, fazendo dupla nas alas com Pizzi. Em contrapartida, Samaris cumpriu um jogo de castigo (devido a acumulação de amarelos na Liga NOS) e Fejsa saltou para a titularidade, ao lado de Renato Sanches.
         Raúl Jiménez também foi titular, remetendo Mitroglou para o banco de suplentes, atuando juntamente com Jonas no ataque.

Sem muita história


         As duas equipas não ofereceram um "futebol espetáculo" aos poucos mais de 22200 espetadores no Estádio D. Afonso Henriques.
         Mais uma vez, à equipa do Benfica, faltou entendimento na parte mais avançada no terreno de jogo - algo que se tem notado e confirmado nos últimos jogos da equipa encarnada. Em três remates à baliza do Vitória de Guimarães, dois foram na direção da baliza - e para defesa fácil do guardião vitoriano, João Miguel
         A formação da casa, por seu turno, apenas efetuou um remate em toda a primeira parte - e na direção da baliza, obrigando Júlio César a uma defesa atenta e com algum nível de dificuldade.

Renato Sanches salvou o Benfica de um empate


         O único golo da partida foi por parte de um dos jogadores revelação nesta presente edição da Liga NOS, Renato Sanches - o jogador rematou primeiramente para interceção de Bruno Gaspar mas, na recarga, atirou para o fundo das redes do Vitória de Guimarães, sem hipóteses para o guardião: o esférico terminou no ângulo superior direito.

Benfica mais perto do segundo lugar


         Com a vitória alcançada diante o Vitória de Guimarães, num terreno que normalmente não é fácil para os três grandes, o Benfica aproxima-se do segundo posto - após a vitória do Sporting no "clássico" diante o Porto, a formação encarnada está apenas a dois pontos do segundo lugar, e a quatro da liderança.
         A formação de Sérgio Conceição, por sua vez, ocupa o nono lugar da tabela classificativa, com 19 pontos.





O jogo grande da jornada, colocou frente-a-frente o vice-líder e líder do campeonato nacional, separados apenas por um ponto: na jornada anterior, o FC Porto beneficiou da derrota do Sporting diante a União da Madeira para assumir o comando da Liga NOS. Este sábado, estava em disputa não só os três pontos e o orgulho tanto de uma como de outra formações, como também a liderança.

Bryan Ruiz e William recuperaram e foram apostas dos leõesBueno falhou o encontro por parte do FC Porto


         Matheus Pereira foi titular na equipa de Jorge Jesus, bem como Bryan Ruiz e William Carvalho que estiveram em dúvida para o encontro, devido a lesão. 
         No lado oposto, Julen Lopetegui deixou André André no banco de suplentes e não pode contar com Bueno, lesionado.

Slimani desfez a igualdade no marcador aos 27 minutos


         O argelino do Sporting aproveitou um livre a beneficiar a formação da casa, para de cabeça, fazer o primeiro golo da noite, favorável aos leões. Destaque para a finalização do camisola 9, e também para o facto de não ter sido necessário saltar muito para cabecear o esférico - a marcação ao argelino falhou redondamente, por parte dos defesas do FC Porto.
         A formação de Julen Lopetegui acusou, e de que maneira, o tento sofrido e até ao intervalo, foi um massacre autêntico da equipa do Sporting à equipa nortenha.

Bis na segunda parte, terminaram com quaisquer ambições do FC Porto no encontro


         O FC Porto terminou encostado às cordas o primeiro tempo, mas na segunda parte, parecia que os dragões queriam mostrar que estavam vivos e, quiçá, entrar na disputa pelo resultado.
         Mas foi a equipa da casa a mostrar que quando tinha posse de bola, conseguia criar as melhores ocasiões para finalizar - prova disso, foi o excesso de pontaria que Slimani mostrou, a meio da segunda parte, ao cabecear à trave da baliza de Casillas.
         Aos 85 minutos, o Sporting terminou com o jogo - Slimani, que marcou na primeira parte, bisou no encontro, após passe em desmarcação de Bryan Ruiz: no frente-a-frente com Casillas, teve frieza suficiente para rematar rasteiro para o fundo das redes dos dragões.

Nesta primeira volta, o Sporting conquistou seis pontos frente aos seus principais rivais


         Depois de ter vencido o Benfica no Estádio da Luz por três bolas sem resposta, a equipa de Jorge Jesus recebeu e venceu o FC Porto no Estádio de Alvalade, por duas bolas a zero - impondo a primeira derrota aos dragões neste campeonato nacional.

         O Sporting, que na jornada passada perdeu o estatuto de líder para o FC Porto, voltou a recuperá-lo e habilita-se a terminar a primeira volta deste campeonato nacional, na liderança. Mas para isso, é preciso jogar-se a jornada 16 (quarta-feira), para fazer as contas desta Liga NOS.


0 comentários:

Enviar um comentário

Parcerias (até ao momento)




Se pretender saber mais sobre a parceria e quiçá, fazer parte, preencha o formulário de contato deste blog, presente no seu lado esquerdo.
Caso não apareça, por favor envie mensagem privada para a página no Facebook.