Festival de golos no V. Setúbal x Benfica!

Imagem/montagem completamente editada/manipulada pela autora
Imagem do estádio, retirada do Groundhopping

Vitória de Setúbal e Benfica mediram forças este sábado, no Estádio do Bonfim, para a 13.ª jornada - e foi um festival de golos.


Gaitán foi ausência devido a lesão

         O internacional argentino sofreu uma entorse no joelho esquerdo e juntou-se a Salvio, Nélson Semedo e Luisão no lote de indisponíveis.
         Perante a baixa do extremo, Rui Vitória manteve Pizzi e Gonçalo Guedes nas alas; Mitroglou e Jonas foram os homens mais avançados da equipa encarnada.
         E, pela primeira vez esta época, Djuricic estreou-se no banco de suplentes, mas não só - também enquanto suplente utilizado.

Ao intervalo, o Benfica vencia por 2-0


         A formação orientada por Quim Machado entrou bem no desafio e até foi a primeira a criar perigo junto da área adversária. Contudo, foi o Benfica a inaugurar o marcador.
         Foi preciso esperar 35 minutos para que o marcador se alterasse - André Almeida cruzou o esférico para Pizzi, que rececionou bem o esférico, trabalhou na área tirando um adversário do caminho e atirou para o fundo das redes sadinas. Ricardo, guarda-redes do Vitória de Setúbal, ficou ligeiramente mal na fotografia.
         Quatro minutos depois, o Benfica voltou a marcar, por intermédio de Jonas - o avançado dos encarnados, após (outra) assistência de André Almeida, finalizou a jogada de cabeça, fazendo o segundo na partida.

Segunda parte com quatro golos (2 para cada equipa)


         Aos oito minutos da segunda parte, Mitroglou dilatou a vantagem da sua equipa na partida, depois de um passe em profundidade de Jonas.
         O Vitória de Setúbal reagiu aos três tentos sofridos aos 57 minutos, quando Vasco Costa reduziu a desvantagem sadina no encontro - com alguma sorte à mistura, Júlio César defendeu à primeira, mas a bola embateu no poste esquerdo da sua baliza e o jogador do Vitória de Setúbal, na recarga, apenas teve de encostar.
         11 minutos antes do 90, Ricardo (guarda-redes do Vitória de Setúbal) marcou... mas na própria baliza - lance caricato, onde Gonçalo Guedes não conseguiu marcar e Mitroglou aproveitou para atirar ao poste: a bola ressaltou no guardião adversário, voltou a embater no poste e entrou dentro da sua baliza).
         O último tento da partida surgiu a dois minutos dos 90, da autoria de Suk - fixando o resultado final em 4-2 no encontro, na sequência de um canto cobrado pela formação da casa.

         Com este resultado, o Vitória de Setúbal caiu para sétimo lugar na tabela classificativa - depois das vitórias de Rio Ave e de Paços de Ferreira nesta 13.ª jornada.
         O Benfica, por seu turno, permanece no terceiro posto (agora com 27 pontos), à espera daquilo que FC Porto e Sporting farão nas suas respetivas partidas deste domingo.


0 comentários:

Enviar um comentário

Parcerias (até ao momento)




Se pretender saber mais sobre a parceria e quiçá, fazer parte, preencha o formulário de contato deste blog, presente no seu lado esquerdo.
Caso não apareça, por favor envie mensagem privada para a página no Facebook.