Sporting sofreu (1-0), mas mantém vantagem pontual


O Sporting deslocou-se até Arouca e venceu pela margem mínima (1-0) a equipa da região - encontro que diz respeito à jornada 10.

Jorge Jesus a colocar a "carne toda no assador"


         Sem invenções, o técnico leonino alinhou com o onze base da equipa sportinguista - onde apenas Rui Patrício e Adrien Silva se mantiveram no onze, comparando com a equipa que foi a jogo diante o Skenderbeu.
         Eweton e Aquilani são baixas, devido a lesão, e Carlos Mané não viajou até Arouca com a comitiva de Alvalade - ao que tudo indica, por opção técnica.

À ida para este encontro, o Sporting já sabia o resultado dos seus principais rivais - Benfica e Porto.

Primeira parte... sem qualquer golo


         O primeiro lance de perigo criado na partida, foi à passagem do minuto 26, quando Hugo Basto rematou com algum perigo à baliza de Rui Patrício - o guardião interveio a altura.
         O Sporting reagiu oito minutos depois, por intermédio de Slimani, onde o argelino - em posição privilegiada na área arouquense -, falhou o remate que se poderia adivinhar perigoso para a baliza defendida por Bracalli.

         Entretanto, nos últimos minutos da primeira parte, o Sporting teve oportunidade para desfazer a igualdade registada no marcador, desde o primeiro apito do árbitro na partida, mas sem sucesso: aos 45 minutos, um remate perigoso de Paulo Oliveira obrigou Bracalli a uma grande defesa e no minuto seguinte, Adrien Silva cabeceou ao lado do alvo.

E se a primeira parte começou adormecida... a segunda iniciou frenética


         O desespero e a ambição de chegar ao primeiro golo, tanto de um lado como de outro, foi determinante para aquele que iria ser o início da segunda parte. Prova disso, foram as oportunidades criadas desde cedo, tanto de uma como de outra formação.

         Aos 19 minutos da segunda parte, surgiu o lance de maior perigo no segundo tempo, por parte de Ivo Rodrigues, onde o remate do extremo passou a rasar o poste da baliza de Rui Patrício.
         Na resposta, Bryan Ruiz cruzou o esférico com Slimani a falhar por pouco...

         Até que, aos 87 minutos, após confusão entre o técnico do Arouca e Naldo, Lito Vidigal recebeu ordem de expulsão, bem como o defesa leonino, que viu cartão vermelho direto por parte do juíz do encontro. 
         Ficou a ideia que o jogador do Sporting, minutos antes de ser expulso, cometeu falta para grande penalidade na área da formação leonina, mas o árbitro da partida nada assinalou.

         Aos 90 minutos, o Sporting chegou mesmo ao golo - Ruiz desmarcou Montero, o colombiano rematou mas o esférico bateu em Hugo Basto, tendo sobrado para Slimani que inaugurou o marcador e consequentemente, fixou o resultado final em 1-0 para a equipa leonina.

Sporting permanece líder


         Com a vitória conquistada hoje, no Estádio Municipal de Arouca diante a equipa da zona, o Sporting soma agora 26 pontos - mais cinco que o segundo classificado.
         O Arouca desceu uma posição e encontra-se agora na 10.ª posição, com os mesmos 12 pontos que tinha à partida para este encontro.

0 comentários:

Enviar um comentário

Parcerias (até ao momento)




Se pretender saber mais sobre a parceria e quiçá, fazer parte, preencha o formulário de contato deste blog, presente no seu lado esquerdo.
Caso não apareça, por favor envie mensagem privada para a página no Facebook.