FC Porto venceu (3-1), mas podia ter goleado


FC Porto jogou esta quarta-feira, a quarta jornada do grupo G em Israel, diante o Maccabi Tel-Aviv - encontro que venceu por três bolas a uma.


Lopetegui apresentou novidades no onze inicial

Evandro foi titular, juntamente com Rúben Neves e Danilo no meio-campo da equipa portista - Herrera foi suplente (utilizado).


Noite que poderia ter terminado com uma goleada expressiva dos dragões

         O Maccabi entrou com algum perigo e aos dois minutos protagonizou junto da baliza de Casillas, algum perigo.
         O FC Porto foi-se superiorizando ao longo dos minutos e aproximando-se cada vez mais da baliza defendida por Rajkovic e aos 19 minutos, inaugurou o marcador por intermédio de Tello - o internacional espanhol inicialmente domina mal a bola, mas consegue desviar o esférico para o fundo das redes da formação israelita.

         Aos 34 minutos, oportunidade flagrante para Aboubakar dilatar a vantagem da equipa de Julen Lopetegui na partida, mas com pontaria a mais, acerta no poste - quando tinha a baliza completamente deserta pela frente.


Segunda parte, com três golos

         O primeiro golo na segunda parte surgiu logo aos três minutos, quando André André finalizou da melhor maneira, ao segundo poste, um cruzamento de Maxi Pereira, antecipando-se à defesa adversária.

         Aos 72 minutos, Laýun estreou-se a marcar com a camisola do FC Porto - antes de fuzilar a baliza contrária, retirou um adversário do caminho, fazendo o terceiro e último golo dos dragões na partida.

         Entretanto, três minutos depois, o Maccabi estreou-se a marcar neste grupo G da Liga dos Campeões, golo da autoria de Zahavi, após a cobrança de uma grande penalidade (falta de Maxi Pereira sobre o jogador). Casillas ainda adivinhou o lado, mas não conseguiu evitar o golo da equipa israelita, que fixou o resultado final em 3-1.

O FC Porto poderia ter chegado ao quatro mas à semelhança do que aconteceu na primeira parte, na segunda Aboubakar voltou a ter pontaria exagerada e acertou novamente no poste da baliza israelita.


Basta um empate à equipa portuguesa na próxima jornada

         Na próxima jornada na fase de grupos da Liga dos Campeões, a formação orientada por Lopetegui irá receber no Estádio do Dragão o Dínamo de Kiev e basta apenas um empate diante os ucranianos, para assegurar presença na próxima fase da competição.

Dínamo de Kiev que nesta noite europeia perdeu no terreno do Chelsea de José Mourinho, por duas bolas a uma.


0 comentários:

Enviar um comentário

Parcerias (até ao momento)




Se pretender saber mais sobre a parceria e quiçá, fazer parte, preencha o formulário de contato deste blog, presente no seu lado esquerdo.
Caso não apareça, por favor envie mensagem privada para a página no Facebook.