Benfica goleia (4-0) e conquista primeira vitória fora de portas


Tondela e Benfica inauguraram esta sexta-feira, a jornada 9 do campeonato nacional, 
no Estádio Municipal de Aveiro.

        Após desaires da equipa encarnada diante Galatasaray (Liga dos Campeões) e Sporting (Liga NOS), ao terceiro jogo a equipa de Rui Vitória deu uma resposta positiva e venceram a equipa do Tondela por uns expressos quatro golos sem resposta.

Contudo, o resultado poderá ser algo enganador... para aquilo que foi o jogo jogado.

        Rui Vitória apresentou algumas novidades no onze inicial, sendo a principal, a inclusão de Clésio no mesmo, para ocupar o corredor direito da defensiva encarnada; Sílvio ficou encarregue do corredor oposto e "lançou" Eliseu para as bancadas do Municipal de Aveiro.
        A grande ausência - devido a lesão -, foi Mitroglou: o internacional grego contra com uma entorse na tibio-társica esquerda (relatório médico divulgado pouco tempo antes do início da partida).

        Foi (só) preciso esperar quatro minutos, para que o marcador sofresse alterações em Aveiro - Jonas, marcou o seu oitavo golo no campeonato nacional, consolidando a posição de melhor marcador da competição, num excelente cabeceamento onde Matt Jones, poderia ter ficado melhor na figura.

O segundo não tardou em surgir... e na própria baliza - Berger intercetou mal a bola (numa tentativa que esta não chegasse até Jonas), e acabou por ser infeliz.

        Antes do término da primeira parte, e onde o jogo já estava a ficar mais para o morno e pouco entusiasmante, Gonçalo Guedes (após assistência em desmarcação de Jonas), consegue passar pelo guarda-redes da formação do Tondela e introduzir a bola no fundo das redes adversárias, para o terceiro tento dos encarnados na partida.

        Ainda na primeira parte - mais precisamente aos 28 minutos -, contrariedade para a equipa do Tondela, que ficou sem Matt Jones e ao que tudo indica, poderá ser problema muscular (após bater um pontapé de baliza). Entrou para o seu lugar Claudio Ramos.

        Na segunda parte, o Benfica soube gerir a sua vantagem "considerável" na partida, mas ainda houve tempo para mais um golo e novamente para as águias - Carcela, que tinha entrado aos 70 minutos, fixou o resultado final em quatro bolas a zero aos 82 minutos, com um remate rasteiro e certeiro para o fundo das redes defendidas por Ramos.

        E se na primeira parte foi um atleta do Tondela a sair lesionado, na segunda foi um do Benfica: Clésio, ao que tudo indica, fadiga muscular (falta de ritmo competitivo), foi substituído aos 64 minutos de jogo - entrou André Almeida para o seu lugar.


        O Benfica venceu pela primeira vez nesta edição da Liga NOS 2015/16, fora de portas: à terceira foi de vez. Com os três pontos na bagagem, a equipa lisboeta regressa à capital com 15 pontos conquistados até ao momento (e com um jogo em atraso), ascendendo provisoriamente até ao terceiro posto, a cinco pontos de Sporting e três do Porto (ambos ainda não jogaram esta jornada).
        Por seu turno, o Tondela permanece na antepenúltima posição na tabela classificativa, com cinco pontos e mais um jogo que penúltimo e último classificados (Académica e Moreirense, respetivamente).


0 comentários:

Enviar um comentário

Parcerias (até ao momento)




Se pretender saber mais sobre a parceria e quiçá, fazer parte, preencha o formulário de contato deste blog, presente no seu lado esquerdo.
Caso não apareça, por favor envie mensagem privada para a página no Facebook.